segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Resenha - Feliz aniversário, querida estranha (Tatiana Busto Garcia)

Editora: Sá Editora
Ano: 2011
Páginas: 163


Sinopse:

Numa segunda-feira de extremo calor, em que todos esqueceram seu aniversário, nada poderia ser mais tedioso para Sara que comparecer a uma sessão de terapia. Mas as coisas tomam rumo diferente quando ela testemunha um assalto e é trancada com outro refém, um jornalista bem mais velho que ela, no depósito de um edifício comercial. Confinada num espaço minúsculo com um desconhecido, é que Sara, ironicamente, enfrentará de verdade seus piores medos pela primeira vez. E aí, então, tudo vira de cabeça para baixo.

Opinião:

Um menina, no dia em que comemora 17 anos, é sequestrada e trancafiada com um desconhecido em um quarto minúsculo. O diálogo, inicialmente, é nervoso, com aquele papo quase insuportável característico dos adolescentes, confrontando com o homem quarentão.

Ela, totalmente desiludida, pois até sua mãe esquecera de seu aniversário, acaba passando por situações constrangedoras, como ter que urinar naquele minúsculo espaço diante de alguém que não conhece.

Com o decorrer da trama, os choques das palavras vão diminuindo e o diálogo se amansa, com os dois compartilhando experiências de vida. Nesse ponto praticamente todo mundo se identifica, pois em um momento de nossas vidas dividimos nossas conversas com alguém que não conhecemos. E, muitas vezes, jamais vemos essa pessoa novamente.

O final ficou confuso, pois não tivemos a certeza do que aconteceu com os personagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário